SER CRIANÇA É ... O cantinho da nossa Alma onde se é genuinamente feliz. É onde queremos que estejam todas as crianças que conhecemos e aquelas que não conhecemos. As nossas e as dos outros. As daqui e as de além.

Queremos fazer desse canto da Alma uma mansão cheia de portas e túneis, um castelo ou uma gruta com espaço para aventuras em terra, no espaço, ou no mundo subaquático. Aqui, os monstros e as fadas podem fazer corridas de carros contra os animais das fábulas. Aqui vamos contar, ilustrar, animar, vamos trazer quem saiba escrever sobre coisas interessantes para os miúdos e para os graúdos deles. O nosso limite é o da imaginação. E todos nós sabemos onde ela leva as crianças...

sexta-feira, 25 de junho de 2021

Vou amar-te sempre

E se eu vos disser que esgravatei e escavei até à exaustão toda a internet e não encontrei nada, nadinha, um absoluto e completo vazio de informação sobre Owen Hart, o escritor de hoje?!

Se calhar é no que dá ter o mesmo nome que um famoso lutador canadiano de luta livre…

Mas, por estes lados não há desistentes e, na página Little Tiger (que é uma plataforma britânica de distribuição de livros) há uma curtíssima biografia do nosso autor! 

Traduzindo, ficamos a saber que: ” O Owen gosta de passear no bosque com o seu cão Bradford sempre que quer ter uma ideia nova. Vive por cima de uma livraria e tem a certeza que as histórias lá de baixo se esgueiram para os seus sonhos à noite.”

É curto mas profundo e basta para percebermos que deve ser uma pessoa bem disposta e criativa.

O conto de Owen que escolhemos é um hino ao amor entre Mãe e Filho. Assim mesmo, simples: um hino. Doce, delicado, eterno.

Original de Owen Hart  //  Lido a partir de “Vou amar-te para sempre” – Minutos de leitura


Sem comentários:

Enviar um comentário

Depois de receberem a mensagem, os Mostrengos vão preparar o Caldeirão das Respostas.
Vamos adicionar ingredientes grotescos, polvilhar com purpurinas e pózinhos e quando estiver tudo a borbulhar, enviamos o mail com o resultado. Combinado?