SER CRIANÇA É ... O cantinho da nossa Alma onde se é genuinamente feliz. É onde queremos que estejam todas as crianças que conhecemos e aquelas que não conhecemos. As nossas e as dos outros. As daqui e as de além.

Queremos fazer desse canto da Alma uma mansão cheia de portas e túneis, um castelo ou uma gruta com espaço para aventuras em terra, no espaço, ou no mundo subaquático. Aqui, os monstros e as fadas podem fazer corridas de carros contra os animais das fábulas. Aqui vamos contar, ilustrar, animar, vamos trazer quem saiba escrever sobre coisas interessantes para os miúdos e para os graúdos deles. O nosso limite é o da imaginação. E todos nós sabemos onde ela leva as crianças...

quarta-feira, 7 de maio de 2014

A CORAJOSA SUSANA


"A corajosa Susana" é um dos contos retirados da obra "Novos contos de fadas" de Terry Jones e foi um verdadeiro desafio escolher um de entre os 30 que lá se encontram. O autor britânico, argumentista dos Monty Python, envolve o leitor num delicioso manto de criatividade, humor, sem excessos nem paternalismos e reaviva o estilo clássico dos contos infantis.

Publicado em 1981 na Grã-Bretanha e mais tarde, em 1990, em Portugal, o livro é um autêntico maná de aventuras. Remetendo para o universo do fantástico criado pelos irmãos Grimm é o livro ideal para cativar um público infantil mais crescido.

As várias personagens e aventuras criam paralelos morais e de superação. Há contos para enaltecer a amizade, noutros alerta-se para a fragilidade do mundo em que vivemos, num outro deparamo-nos com os perigos da ambição desmedida e da inveja e há também histórias de monstros: de um que perde os dentes por comer demasiados doces e de um outro que é verdadeiramente assustador...! Claro que foi este que escolhi, porque não há nada melhor que vencer um medo e vencê-lo de vez!


Original de Terry Jones  //  Lido a partir de “Novos contos de fadas” – Editorial Presença

Sem comentários:

Enviar um comentário

Depois de receberem a mensagem, os Mostrengos vão preparar o Caldeirão das Respostas.
Vamos adicionar ingredientes grotescos, polvilhar com purpurinas e pózinhos e quando estiver tudo a borbulhar, enviamos o mail com o resultado. Combinado?